DW! Semana de Design em São Paulo

DWComeçou nessa quarta feira, 12, o maior festival de design da América Latina, realizado desde 2012 em São Paulo. Em sua 4° edição, o festival urbano traz para cidade cerca de 200 atrações – eventos independentes, simultâneos e integrados por um programa oficial – para apaixonados por arquitetura, decoração e design.

Se você mora em São Paulo ou estará por aqui entre os dias 12 e 16, não perca a programação imperdível de festas, palestras, workshops, feiras e exposições, que estarão espalhadas pela cidade. Confira abaixo algumas indicações dos “design districts”.

 Art Design Village

ArtDesignVillage

Grande novidade e destaque do Design Weekend 2015, o Art Design Village trará em sua 1° edição, diversas atrações sobre arte, design e cultura. O evento reunirá o Salão de Arte, o MADE – Mercado de Arte e Design, o Salão Design e a Feira High Design Expo; entre outros eventos também nessa edição.

Onde? 

Jockey Club de São Paulo
Av. Lineu de Paula Machado, 1173
Cidade Jardim – São Paulo

Quando?
12 à 16 de agosto de 2015

Quanto?

Quarta e Quinta-feira: Entrada gratuita | Sexta, Sábado e Domingo: R$ 20
Meia entrada para estudantes e idosos

Mais informações e Programação Completa

Al. Gabriel Monteiro da Silva

Desktop2Foto: Reprodução. Fonte: Casa Vogue

Por si só um “prato cheio” para os amantes de design e decoração. Não somente na semana do DW!, a Alameda Gabriel Monteiro da Silva é uma das regiões mais baladas em São Paulo para os fascinados por essa arte, com grandes lojas do segmento mobiliário, tapeçarias, acessórios decorativos e afins. Por lá estarão também disponíveis workshop em lojas, mostra de crianções por novos designers, produtos inovadores e únicos, e também muita criatividade. Vale a pena!

Onde? 

Alameda Gabriel Monteiro da Silva
Prinheiros – São Paulo

Quando?
Atrações relacionadas a Design Weekend: 12 à 16 de agosto de 2015.
Funcionamento normal: Todos os dias.

Mais informações e Programação Relacionada

Ruy Ohtake, imprevisibilidades, desenho e mobiliário

cv003019Foto: Reprodução. Fonte: Casa Vogue

A partir do dia 13/08, estará disponível a mostra fruto do diálogo entre design, arquitetura e urbanismo, focado porém na genialidade do grande mestre Ruy Ohtake, arquiteto conhecido pelo icônico Hotel Unique, e também pelo Conjunto Residencial e Polo Educacional de Heliópolis, ambos em São Paulo e entre mais dos seus 400 projetos. A mostra tem como proposta celebrar o design do arquiteto paulistano, “que explorou o uso do concreto como matéria-prima desde seu primeiro móvel e que, a partir de 1997, expandiu também para outros materiais, entre eles o metal.”

moveis_ruy_ohtake_18
Croquis de móveis novos do arquiteto, serão apresentados pela primeira vez na Mostra.
Foto: Reprodução. Fonte: Casa Vogue

Onde? 

Instituto Tomie Ohtake
Av. Faria Lima 201 (entrada pela Rua Coropés 88)
Pinheiros, SP

Quando?
13 de agosto, às 20h, até 6 de setembro
de terça a domingo, das 11h às 20h

Quanto?

Entrada gratuita

DW2

Você pode encontrar todos os lugares e programação da Design Weekend por São Paulo no site oficial do evento www.designweekend.com.br

Compartilhe conosco os seus achados da Semana na nossa página do facebook!

Anúncios

60 anos de “Ibira”

BG

Ponto de encontro, lazer e cultura, o parque Ibirapuera, localizado na cidade de São Paulo e um dos mais queridos dos cartões postais da cidade, está completando 60 anos de existência. Hoje o símbolo mais arborizado da cidade atende a 1.2 milhões de frequentadores por mês, 15.700 árvores em área de 1,58m² e 218 espécies de animais.*

parque-ibirapuera-arte-turismo-lazer-em-sao-paulo

Planejado por Augusto Teixeira Mendes, o parque foi idealizado por José Pires do Rio, prefeito de São Paulo entre 1926 e 1930, inspirado pelo Central Park, de Nova York, e pelo Bois de Boulogne, de Paris.

Além de referência de lazer para milhões de paulistanos, o “Ibira” abriga vários projetos do renomado arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer: Museu Afro, OCA, Auditório, Bienal e Marquise.

Nova pasta

Nessa semana de aniversário, o parque terá diversas atrações abertas ao público. Confira a programação:

  • Mayas: Revelação De Um Tempo Sem Fim – Na OCA, das 9h às 17h, até 24/08. Grátis;
  • Bourbon Street Fest – Domingo, 24/08, show de Oeleans Street Jazz Band. Grátis;
  • Bike Tour Especial – Passeio guiado, às 18h. Incrições pelo site http://www.biketoursp.com.br;
  • Flash Mob – Ás 19h, comemoração do aniversário com “Parabéns pra Você”
  • Fonte Multimídia – Projeção de luzes e som, 21/08 às 19h

Então você que mora em São Paulo ou tem fácil acesso a região, não perca esse momento e claro, aproveite o que de melhor o nosso “Ibira” tem para oferecer!

*Dados retirados do jornal O Destak, 21/08/2014 Quinta-feita, São Paulo

Casa Cor 2014: Ambientes e Tendências

Futura Arquiteta na Casa Cor

E nessa semana, dia 20, termina em São Paulo a mais completa mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas, a Casa Cor edição 2014. O Futura Arquiteta esteve lá semana passada, eu e minha amiga designer Daniela Leal, vimos os 79 ambientes do evento e tudo que será tendência na decoração e design daqui para frente, e mostraremos nesse post dividido por ambientes para você. Todas composições estão incríveis e se você ainda não foi, corra que vale muito a pena.

Salas de Estar

Das mais clássicas às mais modernas. Composições simétricas deram destaques a grandes estofados que eram o ponto focal do ambiente. Obras de arte, como quadros e esculturas deixaram os ambientes mais bonitos e compunham a mensagem que cada autor quis transmitir com seu projeto. A simetria também esteve presente em lustres, móveis e estampas, principalmente das almofadas e, para dar vida, plantas suspensas, sobre aparadores, mesas de canto e afins, não foram deixadas de lado. Cores neutras e sóbrias juntas também foram apostas. Inspire-se abaixo!

Salas Continuar lendo

Tem Vida Verde no Concreto!

Tem vida verde no concreto

Marcada por uma vista cada vez mais vertical, São Paulo busca alternativas para diminuir o cinza dos prédios e aumentar a área verde da cidade. Como todos sabemos áreas verdes, como árvores e plantas são vitais aos seres vivos, pois purificam o ar, e numa cidade grande, urbanizada e poluída como São Paulo  – com vistas como essa cada vez mais raras -, é essencial para a saúde da população e da cidade como um todo.

Pensando assim, um grupo de Arquitetos, Paisagistas, Engenheiros e Voluntários criaram o Movimento 90º. Juntos, eles formaram um sistema em que módulos leves são instalados em fachadas para receber as plantas que formam o jardim vertical. Guil Blanche, diretor-executivo do movimento, começou a estudar a técnica em 2009 e observou que ela poderia ser aplicada na cidade de São Paulo.

A percepção de espaços vazios, que tecnicamente são chamados de empenas cegas, estas paredes nos prédios que não têm janelas, sempre que eu olhava para aquilo, eu pensava: ‘aí cabe um jardim vertical‘”, disse.

E estas paredes catalizam os problemas da cidade, refletem o barulho, esquentam a cidade. O jardim vertical poderia habitar estes lugares“, acrescentou.

A instalação é feita por especialistas em andaimes. As plantas são colocadas em módulos impermeáveis, feitos de materiais reciclados – como tubos de pasta de dente e embalagens de leite -, forrados com camadas de um tecido grosso parecido com feltro e presos à parede. A irrigação do jardim é automática.

O objetivo agora é levar mais jardins verticais para as paredes de grandes prédios da região central da cidade.

O movimento tem a intenção de transformar a cidade ocupando estas empenas cegas, estas paredes de prédios sem janelas“, disse Guil Blanche.

Um prédio residencial em fase de finalização na Vila Madalena, zona oeste da cidade, já tem um destes jardins. Miguel Vendrasco, da incorporadora Aphins, responsável pela construção do edifício, diz que o jardim incrementa a estética do prédio, diminui a temperatura e o barulho.

São Paulo: Há 459 anos sendo a cidade que nunca dorme

São paulo 2

São Paulo, a maior cidade da América Latina e coração do Brasil, completa hoje 459 anos! Destino migratório de muita gente há muitos anos, que vinham atrás de uma vida melhor.

São Paulo cresceu e desenvolveu assim. Cada canto, cada casa, cada edifício, com o suor de muita gente, de praticamente todo o mundo. Chineses, Japoneses, Italianos, Franceses, Espanhóis…Bahianos, Cearenses, Mineiros…Brasileiros (natos, naturalizados ou simplesmente autodeclarados) e Paulistas com muito orgulho!

Cidade cultural e polo lucrativo, repleta de ruas e avenidas, muitos altos e baixos, por onde se vê muita correria…Apesar de ser considerada por muita gente sinônimo de trabalho,  tem muita alegria por trás de tanta fumaça cinza. Com uma vida noturna agitada, São Paulo é a cidade que nunca dorme.

E o que temos pra admirar se não todas as suas formas, ora antiga com traços europeus preservados de uma época colonial, ora moderna, cheia de curvas, vidros e nomes de arquitetos renomados como Oscar Niemeyer e Ruy Ohtake?

Ela é isso. São Paulo é isso. Toda uma mistura de tradições, raças, culturas e estilos diferentes. Parabéns a Metrópole, e que venham mais melhoras, sejam elas estrutural, cultural, educacional e sustentável, pra toda uma população que ainda possuem muitos sonhos a serem realizados aqui.

São paulo